Home » Zero Evictions Campaign » Zero Evictions Alert: indicates a risk situation!

Mostra/Nascondi il menu

Zero Evictions Campaign

Zero Evictions Alert: indicates a risk situation!

RSS
Document
Thursday 16 February 2012

A FAVELA DO JARDIM CORUJA AINDA ESTA DESABRIGADA

Na Favela do Jardim Coruja residem cerca de 201 famílias. Os moradores ocupam este território há mais de 30 anos. Em 2000 teve um incêndio que atingiu 8 barracos com uma vitima. Os moradores reconstruíram as próprias moradias na mesma área. Dia 5 de Fevereiro de 2012, houve um incêndio que atingiu 50 barracos com 2 vitimas. No mesmo dia apareceram representantes da subprefeitura de Vila Guilherme com Vila Maria, trazendo cochonetes, kites higiene e uma cesta básica para as famílias afe...
Document
Wednesday 15 February 2012

Heliópolis: a maior comunidade de S.Paulo

Na Comunidade Heliópolis residem cerca de 190 000 famílias, é considerada a maior comunidade de S.Paulo, e a segunda maior, depois da Rocinha no Rio de Janeiro, do Brasil. Os moradores ocupam este territorio desde a década de 70. Na época do prefeito Jânio Quandros, a prefeitura comprou a área do governo federal para a construção de um shopping comercial e imóveis. Mas depois o governo de Luiza Erundina realizou contruções e fez insfraestruturas na comunidade. Sobre remoções, na época...
Document
Wednesday 15 February 2012

A OCUPAÇÃO MARIA DOMITILA ESPERA UMA MORADIA DEFINITIVA

Na Ocupação Maria Domitila residem cerca de 30 famílias As famílias ocupam este edifício hà 8 meses No início do ano 2000, a Unificação das Lutas de Cortiços (ULC), entidade Filada a União dos Movimentos de Moradia de São Paulo, em conjunto com outros Movimentos do Centro, realizou levantamento de imóveis abandonados na região central da cidade de São Paulo, onde foi identificado o terreno localizado na Rua Maria Domitila, altura do número 1099 da Avenida Rangel Pestana no Brás. Esse p...
Document
Friday 10 February 2012

Comunidade Sallus se encontra em negociações

Na Comunidade Salus residem cerca de 430 famílias. Os moradores ocupam este territorio há 8 anos. A Comunidade Sallus se encontra junto da empresa Filtros Salus Industria e Comércio Ltda: a empresa de filtros faliu em 2002, sem ter indinizado seus trabalhadores. Em 2004, os funcionários começaram a ocupar e a construir suas casas na área. Em 2009 um oficial de justiça chegou na comunidade comunicando a desapropriação da área para o dia 30 de Julho desse ano.Através da presença do ofic...
Document
Saturday 04 February 2012

Derrumban casas y desalojan a familias en Pachuca, Hidalgo

El 28 de enero personal de la Coordinación de Seguridad Pública de Hidalgo desalojó a los habitantes de la colonia 20 de Noviembre en Pachuca y derrumbó 60 casas que, de acuerdo con las autoridades, fueron construidas en un predio que estaba en disputa entre un particular e integrantes de una organización de indígenas y campesinos. La operación de desalojo se inició a las 9:30 de la mañana de este sábado por efectivos policiacos acompañados de un notario público, En el desalojo forzado en...
Document
Saturday 04 February 2012

Repatriación de los Guatemaltecos, refugiados en México

En una acción coordinada con el gobierno de Guatemala, el Instituto Nacional de Migración (INM)mexicano repatrió la noche de 12 de enero 2012 a 70 guatemaltecos, entre ellos 45 niños. Dichas personasm comforman 13 familias cuales fueron objeto de un desalojo previo el martes 10 de enero en la madrugada de su campo en el ejido de Nuevo Progreso en Tenosique, Tabasco. De allí las autoridades los llevaron a las instalaciones de la Estación Migratoria Siglo XXI en Tapachula, Chiapas, en donde s...
Document
Friday 03 February 2012

Comunidad desplazada de Guatemala es desalojada de su campamento en Tenosique, Tabasco

El día 09 de enero de 2012 alrededor de las seis horas se realizó un operativo en la franja fronteriza aledaña al Ejido Nuevo Progreso, del municipio de Tenosique, Tabasco, mediante el cual fueron desalojados sorpresivamente y con violencia las familias guatemaltecas que mantenían un campamento desde el 23 de agosto de 2011, cuando fueron desplazadas violentamente por el Ejército guatemalteco de la comunidad Nueva Esperanza, Guatemala. En la operación participaron elementos de la Policía Fed...
Document
Friday 20 January 2012

A comunidade Rua das Flores foi removida e luta pela moradia definitiva

Na Comunidade Rua das Flores residem cerca de 600 famílias As famílias ocupam este território ha mais de 4 anos Em Junho de 2011 a Prefeitura organizou uma reunião com todos os moradores na associação de bairro. Estava presente um engenheiro mais uma assistente social que comunicaram aos moradores que tinham que sair da área sem direito a nada; avisaram que na segunda feira ia acontecer a desapropriação. Os moradores fizeram contato com a UMP e começaram a organizar assembléias para enf...
Document
Friday 20 January 2012

Comunidade Pro Morar Rio Claro está aguardando negociações

O moradores residem nesta área há 18 anos. No dia 13 de Novembro de 2011 a Prefeitura apareceu para informar que as famílias teriam que sair do local, e, ofereceu 900reais de indinização. Nesse dia, a Prefeitura informou os moradores apresentando ferramentas para destruir os barracos. Algumas famílias aceitaram a proposta e abandonaram a área. No dia 15 de Novembro, os moradores recorreram na Defensoria Pública com uma ação no fórum fazenda publica, para parar a derrubada dos barracos. Depo...
Document
Wednesday 18 January 2012

Comunidade Vila Cristina: alguns moradores foram despejados

A Comunidade Vila Cristina fica localizada no Parque Bristo há mais de 50 anos. Em 2011, a Prefeitura fez reunião com os moradores para comunicar a desapropriação do terreno devido a área de risco. Houve a proposta de passagem para que os moradores voltassem à sua terra natal e abandonassem o local. A maioria dos moradores não aceitou. Em Março de 2011, a Prefeitura cadastrou os moradores, apresentou um termo de auto-interdição e desocupação da área. Entregou também uma ordem para os mo...